7 fatos que você pode não gostar sobre o emagrecimento

08/06/2018 Emagrecimento

1 – Mude a forma como se alimenta

Se o seu objetivo é emagrecer com saúde e bem-estar, o principal foco deve ser sua alimentação.

Estamos falando isso, não por preferência por uma ou outra dieta ou método. E sim baseados em fatos científicos.

E para que fique claro, deixamos uma pergunta. Faz sentido pensar que a forma como você se alimenta hoje te levou à forma física que você tem?

O doutor canadense Jason Fung diz que emagrecimento deve ter 90% do foco em alimentação e 10% em exercícios físicos.

E mesmo assim, o que vemos são academias lotadas de pessoas com hábitos alimentos que não favorecem o emagrecimento, levando à frustração.

Sim, entenda que estamos falando de hábitos alimentares. Tirar ou incluir um ou dois alimentos de sua dieta porque a dieta xpto lhe ensinou que determinado alimento queima gordura, não lhe trará resultados.

Então tenha em mente que sua alimentação deve mudar consideravelmente, mas que isso não significa que você terá que comer pouco ou passar fome. Nem mesmo contar calorias ou pesar porções de alimentos.

Cinetificamente já foi provado que simplesmente diminuir sua alimentação e aumentar a carga de exercícios físicos, é o método mais difícil para se emagrecer.

Consulte esse ensaio clínico realizado por duas entidades americanas, a University of Cincinnati e o Children´s Hospital Medical Center de Ohio clicando no link abaixo:
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12679447

Esse ensaio comparou dois grupos de mulheres por 6 meses, um dos grupos fez uma dieta tradicional com no máximo 30% de gorduras e controlando as calorias, e o outro grupo fez uma dieta LowCarb (baixa em Carboidratos) e sem controle de calorias, podendo comer quanto quisessem.

No fim do estudos, foi constatado que o segundo grupo perdeu mais do que o dobro do peso que o primeiro grupo.Uma perda de 8,5Kg em média pro segundo grupo contra apenas 3,9Kg do primeiro grupo. E também mais do que o dobro da gordura corporal, tendo o segundo grupo perdido 4,8Kg de gordura e o primeiro apenas 2 Kg.

Então, até para desmistificar a consciência popular, emagrecimento não tem a ver com quanto você come, e sim com o que você come!

2 – Não acredite que seja possível compensar seus hábitos alimentares ruins por uma carga maior de exercícios físicos

Para começar vamos acabar com uma mentira muito difundida. O fato é que exercícios físicos não promovem perda de peso.

Veja, exercícios físicos são excelentes para a saúde em geral. Mas se o seu foco é emagrecimento, não conte com eles. O máximo que você vai conseguir é gastar muito tempo e ficar exausto de tanto se exercitar, e no fim não verá os resultados que esperava ter.

Veja essa publicação realizada em um conceituado jornal britânico que diz que atividade física regular promove diversos benefícios para a saúde no geral, entretanto não promove perda de peso.
http://bjsm.bmj.com/content/49/15/967

3 – Mude seus hábitos, mesmo aqueles mais antigos

Se você é daquelas pessoas que não vive sem sua cervejinha, sem o seu doce ou não dispensa uma bela macarronada, reveja seus conceitos.

A boa notícia. É possível mudar seus hábitos, construir novos hábitos. Veja esse artigo em inglês que ensina 5 maneiras científicas para construir novos hábitos que duram.

https://99u.adobe.com/articles/17123/5-scientific-ways-to-build-habits-that-stick

Lembrando a definição de Albert Einstein sobre insanidade:

4 – Melhore sua autoestima e auto confiança

Tem uma frase famosa que diz que nós somos a média das pessoas que nos cercam. E o que queremos dizer com isso?

É natural que as pessoas com quem convivemos não se sintam tão à vontade com uma mudança de hábito sua. Afinal, elas não querem que você mude por medo de perder sua companhia, seu afeto, por medo de te perderem. E isso até mesmo de forma inconsciente.

Então pode surgir algum tipo de pressão do seu grupo de amigos e/ou familiares no sentido de que você não mude, ou que volte a ser e ter os velhos hábitos que tinha antes.

Então você terá que entender de uma vez por todas que seus objetivos são seus! E de mais ninguém.

Logo, só você sabe qual o caminho certo para você! Ninguém mais pode te dizer se você está certo ou errado.

Por isso o foco na sua autoestima e autoconfiança, e o seu comprometimento são tão importantes!

5 – Aprenda quando dizer não (e também quando dizer sim)

Antes de mais nada, precisamos ter consciência de que somos humanos. Então uma certa flexibilidade e adaptação sempre são necessárias. Obviamente utilizando o bom senso.

Tenha em mente de que não será possível seguir um método ou estilo de alimentação 100% do tempo. Afinal de contas, todos nós merecemos um doce, ou também podemos comer um pedaço de bolo em uma confraternização ou festa de amigos e/ou familiares.

Então devemos entender que, mesmo que acabemos “escorregando” em nossos novos hábitos alimentares, de vez em quando é preciso dizer sim e aceitar algum alimento ou bebida que fuja de nossos novos hábitos.

Porém é preciso entender mais ainda, que na maior parte do tempo você terá que ter firmeza, seguir comprometido com seus objetivos e dizer não. Mesmo quando nos sentirmos abalados com alguma pressão exterior. Sempre pensando que se você se perde no seu caminho de construção de novos hábitos alimentares existe o perigo de perder tudo o que já conquistou, tendo que começar tudo da estaca zero(0).

6 – Estude, entenda e aprenda porque você está mudando cada hábito alimentar

Não entender ou não saber o porque você está criando ou novo hábito ou não entender ou não saber como ele funciona geralmente leva a ser um hábito que não se mantém no longo prazo.

Apenas seguir uma dieta ou uma tabela de alimentos que você não entende porque deve ou não comer determinados alimentos não funciona! Você deve entender porque determinado alimento beneficia ou prejudica nos seus objetivos. Pois apenas assim você saberáo bem ou o mal que está fazendo a si mesmo se não seguir as orientações propostas para seus novos hábitos.

Então dedique algum tempo e esforço para estudar, entender e aprender o porque dessas mudanças serem necessárias para atingir seus objetivos! Seja responsável com sua saúde e comprometido com seus objetivos!

7 – Não deixe para depois o que você deve começar hoje para atingir seus objetivos

Para construir um novo estilo de vida o tempo, o esforço e o comprometimento são essenciais. E nesse ponto, devemos levar em consideração o fator tempo. Cada vez que você decidir que amanhã irá começar, é um dia mais longe que você estará de atingir seus objetivos.

Pare de acreditar em dietas milagrosas, em exercícios extenuantes, em pílulas mágicas e entenda que o que realmente traz resultados reais e duradouros é a mudança de comportamento, de hábitos alimentares. Uma mudança de estilo de vida.

Não se deixa mais enganar pelos falsos milagres e passe a acreditar em você.
Mude hoje, agora mesmo, seus hábitos alimentares a fim de conseguir ver diante do espelho pelo resto de sua vida aquele corpo que te coloca um sorriso no rosto. Com saúde e bem-estar.

Boa forma não deve ser um objetivo exclusivo para o verão, e sim uma regra para a vida inteira. E isso é total e completamente possível!

 

Imagens retiradas da Internet

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...